• Maio
    Mês do Trabalhador

    O destaque do mês de maio fica com os profissionais que fazem o cenário cultural da UERJ acontecer diariamente. O Departamento Cultural só funciona devido à enorme dedicação dos trabalhadores que estão aqui envolvidos na produção e montagem dos eventos, peças e exposições. Dessa forma, no mês do trabalhador, gostaríamos de agradecer e homenagear essas pessoas que nos fornecem a estrutura que torna tudo isso possível. Aos técnicos administrativos, equipes de audiovisual, cenógrafos, iluminadores, produtores culturais, orientadores de oficinas, secretários teatrais, camareiros, programadores visuais e comunicadores do Decult e todos os que constroem a UERJ, um grande dia do trabalhador.

    Achados e Perdidos traz Evandro Teixeira para uma Roda de Conversa sobre os processos que envolvem a arte e a comunicação numa perspectiva histórica.

    MAI
    CABHUM - Exposição Coletiva Curadoria: Ulisses Carrilho Visitação: até 8/6 Galeria Candido Portinari 10 às 19h

    Resenha

    Segue durante o mês de maio a exposição em cartaz na Galeria Candido Portinari, Cabhum. As obras expostas têm como temática a infância, serão diversos artistas que exploram a discussão acerca da experiência infantil, os mecanismos de controle e poder que regem o universo. A exposição segue até 6 de junho, sempre de segunda a sexta, de 10h às 19h.

    MAI 03
    Roda de Conversa Participação de Evandro Teixeira e Clara Gerchman Auditório Cartola 17h(Entrada Franca)

    Resenha

    Acontece na próxima quinta, dia 3, a Roda de Conversa que encerra a exposição coletiva Achados e Perdidos. Com a participação de Evandro Teixeira, importante fotojornalista do período da ditadura, a mesa busca debater os processos artísticos e culturais desse momento da história. Estarão presentes também o curador da exposição e Diretor do Decult, Marcelo Campos, as professoras do Instituto de Artes da UERJ Eloisa Brantes e Inês de Araújo e o grupo de artistas do projeto experiências indiciais. Além deles, Clara Gerchman, incrementa a conversa representando o Instituto Rubens Gerchman. A Roda começa às 17h, no Auditório Cartola, localizado no Centro Cultural do campus Maracanã. Entrada franca.

    MAI 22 e 30
    Elas – canto porque o instante existe - Espetáculo AH! BANDA Entrada Franca Teatro Odylo Costa, filho 19h

    Resenha

    O Teatro Odylo Costa, filho recebe o espetáculo Elas – canto porque o instante existe, no lançamento do DVD comemorativo de 15 anos do projeto musical do CAp/UERJ Ah! Banda. A apresentação acontece às 19h, no dia 22. Um show extra ocorre dia 30, no mesmo local e horário. Ambos têm entrada franca.

    MAI 24
    Vitrine UERJ - Show Teatro Odylo Costa, filho 18h30

    Resenha

    O projeto Vitrine UERJ, da Divisão de Teatros do Decult busca promover um espaço para novos talentos da área cultural. Os interessados em participar devem apresentar um release da proposta, fotos e um cd ou DVD demo de seus projetos musicais na Divisão de Teatros da UERJ, localizada no campus UERJ Maracanã. Após uma seleção da equipe do Teatro, os participantes são convidados a se apresentar nos espaços culturais da Universidade. Todos da comunidade interna e externa da Universidade estão convidados a participar. Nessa edição, no dia 24 de maio, às 18h30, o Teatro Odylo Costa, filho recebe bandas do bom e velho rock and roll. Venha conferir! Traga seu talento! Participe!